Hotel para cachorro

 

 

 

Cãopestre Park e Hotel

Hotel de cachorro

 

 

 

 

 

 

 

Dicas e Sugestões sobre Hotelaria Animal

Hotelaria Animal é básicamente a hospedagem de animais, em ambiente próprio, específico para tal, dispondo de facilidades e serviços que proporcionem uma estadia agradável, confortável e segura, longe do dono, durante as 24 horas do dia, em regime de plantão, tendo sempre alguém no local para que os animais não fiquem sozinhos em momento algum.
A necessidade de hospedagem não ocorre somente durante as férias, como geralmente as pessoas pensam.
Não é raro, termos de nos separar, as vezes por vários dias, meses e até anos, do nosso animal de estimação, pelos motivos mais diversos, tais como feriados, viagens, mudanças, separações, cursos no exterior ou mesmo em outros estados, doenças em família, pinturas e reformas, períodos de cio, dedetizações, etc.
 
Quando isto ocorrer, nunca o deixe em casa sozinho, pedindo a alguém que vá algumas vezes, verificar se está tudo bem, se ainda há comida e água, etc. Isto é muito pouco ou quase nada, pois o mesmo necessita de companhia, cuidados de higiene própria e do local onde está, bem como precisa passear, brincar e principalmente receber de alguém, na sua ausência, todo o carinho que ele merece.
Portanto, nestas ocasiões, nada melhor do que dispormos de um local apropriado e confiável, para acomodá-lo com segurança, conforto e carinho, durante a triste e inevitável separação.
A primeira idéia de local que vem à nossa cabeça, é procurar ajuda junto a um amigo ou parente que possa cuidar dele. Quando isto não é possível, existem os hotéis de animais, que prestam esse serviço.
 
No entanto quando for deixar seu melhor amigo aos cuidados de terceiros, lembre-se que o preço da diária, geralmente é proporcional ao pacote oferecido, por isso sugerimos observar atentamente o seguinte:
Visite antecipadamente o local pretendido, verificando se as acomodações são individuais, limpas, seguras e confortáveis, observando os espaços disponíveis e o posicionamento em relação aos outros hóspedes. Ele ficará solto ou trancado? Existe risco de fuga? Os proprietários cuidam pessoalmente dos hóspedes ou delegam para terceiros? Qual é a formação dos proprietários?
 
Existe local próprio para passeios, solarium, cronograma de atividades?
Veja se os cães dos proprietários do hotel, estão devidamente separados, com instalações diferenciadas. Ele ficará só ou acompanhado?
Observe se os hóspedes são saudáveis e estão satisfeitos. Observe atentamente se existe algum animal doente e se o cheiro do ambiente é natural ou de algum produto químico ou tóxico, tipo desinfetante ou desodorizante, para mascarar o mau cheiro , que possam prejudicar as pessoas e os animais. Existe risco do mesmo ficar triste, se machucar ou adoecer?
Questione os métodos de higienização e sanitização. É utilizada vassoura de fogo?
Verifique a origem da água, o abastecimento é feito de forma manual ou automática? Qual é o destino dos resíduos, bem como das águas de lavagem? Existem fossas sépticas apropriadas?
Não fique em dúvida com relação a nada que diga respeito aos cuidados com seu animal. Pergunte se durante a noite tem alguém no hotel, para que o mesmo não fique sozinho. Existe sistema de vigilância no local? Se existe, qual? Porque? Também não fique acanhado, pergunte por exemplo sobre alimentação, higiene, atividades recreativas, etc. Pergunte se existe algum controle ambiental, sanitário, veterinário. Pergunte se existe uma rotina de vistoria sanitária, para um hóspede seja aceito no hotel. Pergunte se existe prevenção contra zoonoses, ectoparazitas, contaminações entre os animais, etc. Pergunte se existe combate sistemático aos insetos, visando prevenir contra dengue, febre amarela, dirofilariose, leishmaniose, malária, etc. Pergunte se exige a apresentação do Atestado de Vacinação, Certidão Negativa de Leishmaniose e qual o procedimento usado no caso de alguma emergência veterinária que possa ocorrer no transcurso da hospedagem. Pergunte se existe uma ficha de controle com os dados cadastrais do dono, do animal, do veterinário, da clínica, etc.
 
Finalmente pergunte se existe algum documento formal que defina as condições de hospedagem, tipo um Contrato para Prestação de Serviços e que também sirva como instrumento operativo da transação, com garantia recíproca para as partes.

De posse destas informações, converse e aconselhe-se com um Médico Veterinário de sua confiança e decida-se pelo que mais lhe convier, em termos de custo e beneficio. Feita a escolha, é de suma importância que o dono do animal oriente o pessoal do hotel sobre os hábitos alimentares do mesmo, informando tipo de comida, marca, horário e quantidade a ser servida, para que ele se alimente adequadamente. Leve alguma coisa com seu cheiro, uma camiseta, meia, tênis velho, etc. Os acessórios tais como brinquedos, roupas, camas, ossinhos, etc., não podem ser esquecidos. Coleira e guia com seu cheiro também é importante na hora dos passeios. Consulte seu Médico Veterinário sobre um controle antecipado de ectoparazitas, tais como pulgas e carrapatos. Informe ao hotel se o seu animal estiver fazendo uso de medicamento, apresentando a receita, para que se possa dar continuidade ao tratamento. Informe também, se no caso de fêmea, estiver no cio ou em gestação. Informe sobre alergias. Esperando que estas dicas e sugestões sejam úteis, desejamos aos animais uma boa estada e aos seus donos uma separação sem traumas.

 

CÃOPESTRE PARK & HOTEL
Estrada Velha da Ressaca, 110  06887-500 Itapecerica da Serra - SP.

Tel: (0xx11) 4667-4445 / 8128 Celular fixo: (0xx11).7337-7267

Após este horário solicitar informações através do formulário ou email.